sábado, 13 de dezembro de 2008

Recanto



Tem lugares que acolhem a gente...

Escolhem a gente.

Não dá vontade de ir embora...

Tem magia...


Recanto


"Eu estava só de passagem
Mas tudo mudou agora
Não vou mais seguir viagem
Eu não quero ir embora
Vou ficar nessa cidade
Pois meus motivos de outrora
Não me mostraram felicidade
Como a que sinto nesta hora.
Fico também por essa utopia
Que não encontro mundo a fora
Esse misto de verdade e fantasia
Que contemplo, nesta aurora
E que sinto, essa paz e essa calma
Como alegria de quem namora
Num lugar para o repouso da alma
E para o corpo de quem chora
Pois aqui será o meu recanto
Minha pressa e minha demora
Minha inspiração e meu encanto
Que não encontro mundo a fora..."


Milla Borges