sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

♥ Selinho ♥


Oi Pessoal!!!!
*
Recebi de presente da Dani Z. (http://danyziroldo.blogspot.com/) este selinho da amizade!
Fiquei surpresa e também lisonjeada com essa lembrança!!!
*
*
Dani, você não sabe o quanto me fez feliz! Obrigada pelo carinho e pela consideração, mocinha!
*
*
Pra quem não conhece o selinho, leia o textinho abaixo
*
*
Esse é o Troféu do Amigo!!
" Esses blogs são extremamente charmosos.
Esses blogueiros têm o objetivo de se achar e serem amigos.
Eles não estão interessados em se auto promover.
Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas.
Entregue esse troféu para oito blogueiros(as) que devem escolher oito outros blogueiros(as) e incluir esse texto junto com seu troféu!! "
*
*
Então pessoal, vou repassar esse selinho para oito blogs!
Segue a minha listinha:
*
*
*
*
Um ótimo final de semana para todos e um beijo enooorme!
*
*
Paz!
*
Milla Borges

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Apoteótica



Testando minha paciência elástica
Aprendi a me conhecer,
Mas não serei muito enfática
Pra que ninguém se assuste
Com minha vida eclética
E minha cabeça caótica
Que só Freud conseguiria entender...
Descobri que sou romântica
E um tanto quanto dramática,
Mas isso dá pra perceber.
Sou uma garota frenética
Uma mulher lunática
Sonhadora, febril e poética
E faço da vida o meu prazer.
Possuo uma beleza exótica
Tenho até uma veia artística,
O que me leva a escrever... (?)
Reconheço que sou neurótica.
Para alguns, enigmática
Para outros, sou patética
Pois cada um tem seu parecer.
Odeio a vida doméstica,
Às vezes sou muito crítica,
Não gosto de matemática,
Mas gosto de política.
E não admito perder.
Autêntica e mística.
Profética e elíptica.
Erótica.
Cética.
E tudo mais que eu puder ser...




Milla Borges






terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Uma parte da história...



Ela caminhava apressadamente,
Como se tivesse lugares para ir
Ou coisas para fazer.
Não Tinha
Seu ritmo era acelerado mesmo.
Tinha nos olhos um brilho diferente
E olheiras de quem não consegue dormir.
Nos lábios, um sorriso querendo aparecer.
Do mundo em volta, se abstinha
E seguia, caminhando a esmo
Era só ela e aqueles pensamentos
Que nem ela mesma entendia
E nem conseguia ( ou queria ) estancar
Porque o controle lhe faltava
Mas era esse o seu fascínio.
Oscilava entre alegrias e tormentos
Mas não doía, nem sofria
Ela não iria parar
Enquanto tudo borbulhava
E fugia do seu domínio.
Passos cada vez mais acelerados...
Escorria pelo seu rosto lágrimas e suor
Dando os primeiros sinais de loucura
Parou subitamente.( ... ) Sentiu-se exposta.
Se perguntava um milhão de vezes: Por quê?
Seus atos, seus fatos, não precisavam ser justificados
Até que um sorriso surgiu, ficando cada vez maior
Pois sentia-se bem sendo insegura
E não queria achar resposta
Pra tudo aquilo que não queria saber...

(...)

Voltou a caminhar, apressadamente.

Milla Borges

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Uma Saudade


Sigo para onde meus pés me levam e sem a pretensão de chegar em algum lugar.
Simplesmente sigo.
E onde quer que eu vá, levo comigo essa saudade.
Você tem ocupado muito espaço na minha cabeça ultimamente.
Quando eu fecho os olhos, ainda posso ver seu rosto.
Eu sinto até seu cheiro...
E o tom da sua voz, de vez em quando ecoa nos meus ouvidos...
Eu, apenas sigo para onde você não está.
E por onde passo, recolho suas lembranças.
Procuro nas pessoas os seus pedaços.
E em mim, reconheço os seus gestos.
Fico imaginando por qual caminho você segue... Se de onde você está, consegue me observar... Se consegue perceber o quanto estou mudando... Tentando melhorar... Evoluindo.
E eu, continuo seguindo sem rumo, a caminho de qualquer canto, sempre na esperança de um dia caminhar com você novamente.
Você faz falta... E falta uma parte de mim.
Queria o seu abraço forte agora.
Bem... Pelo menos posso sonhar.


Milla Borges