terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Apoteótica



Testando minha paciência elástica
Aprendi a me conhecer,
Mas não serei muito enfática
Pra que ninguém se assuste
Com minha vida eclética
E minha cabeça caótica
Que só Freud conseguiria entender...
Descobri que sou romântica
E um tanto quanto dramática,
Mas isso dá pra perceber.
Sou uma garota frenética
Uma mulher lunática
Sonhadora, febril e poética
E faço da vida o meu prazer.
Possuo uma beleza exótica
Tenho até uma veia artística,
O que me leva a escrever... (?)
Reconheço que sou neurótica.
Para alguns, enigmática
Para outros, sou patética
Pois cada um tem seu parecer.
Odeio a vida doméstica,
Às vezes sou muito crítica,
Não gosto de matemática,
Mas gosto de política.
E não admito perder.
Autêntica e mística.
Profética e elíptica.
Erótica.
Cética.
E tudo mais que eu puder ser...




Milla Borges






19 comentários:

  1. ... e mais um pouquinho da minha Milla!
    Ela pode ser tudo isso, mas é muito mais pra quem a conhece de verdade.
    E eu gosto de desafios e meu desafio e a cada dia observar e descobrir algo novo. Desvendar a dualidade única contida em cada gesto. A delicadeza da sua alma. Todo o significado do teu olhar.


    Minha Milla é mais, muito mais e muito além pra quem tem coragem de descobrir.

    Eu te amo, minha linda!!

    Lindo o texto!

    Beijoos

    ResponderExcluir
  2. de uma coisa eu tenho certeza!!!
    você é super talentosa!!!
    gosto muito de suas poesias e esta ficou sensacional!!!

    beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. De que vale um artista sem pernolidade? vc tem todos os
    trasos caracteristicos de um
    artista, inclusive eu seu fan !!!

    ResponderExcluir
  4. Praticamente uma Mulher-Maravilha...
    Linda, linda poesia.
    Amiga, parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. E eu não consigo nem me descrever rsrs

    Adorei os versos!

    Milla, quando puder, dê uma passadinho no meu blog, tem um selinho para vc lá...

    Bjs!

    Dany

    ResponderExcluir
  6. Nossa Camila, ADOREI conhecer um pouco do seu lado poético! Isso porque não quis dar ouvido antes para Helena, achava que era coisas de mãe rsrs...mas, ela estava coberta de razão. Um abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
  7. Milla, minha amiga e minha irmã te amo muito e sei que terá muito $UCE$$O em sua vida. Adorei tudo.
    Um conselho: registre seus poemas, para não ter problema depois...

    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Uma surpresa a cada texto... simplesmente incrível!
    beijo beijo

    ResponderExcluir
  9. Hi Srtª Milla Borges!

    Com muita honra estive lendo um de seus poemas... Apoteótica você, não?
    Milla, agradeço seu comentário... e vim retribuir sua visita... E agradeço também por ter lido um pedacinho do meu blog. Saiba que gostei muito do seu também viu...

    Acredito MUITO que escrevendo, utilizando desta arte, aprendemos muito sobre nós mesmos... E posso sentir que você se conhece, mesmo as vezes não se conhecendo... Mas se conhece... Entendeu? rsrsr

    Ainda bem que não se descreveu ser corinthiana... =)

    Sempre que eu puder vou tentar "te desvendar" um pouquinho Srtª carioca sangue bom...
    Talvez esta seja a graça de ler algo interessante... desvendar a "fonte"... a "raiz" de tal pensamento... ;-)

    Parabéns viu...

    "um bom texto, poesia, readação, etc... é bom, quando mexe conosco a ponto de nos beneficiar de alguma forma, talvez mudar um ponto de vista, dar um conhecimento... Um bom texto nos faz pensar..."

    seu poema faz isso... =)

    Grande beijo Milla...
    Ale Castro Alves
    =)

    ResponderExcluir
  10. oi milla
    td bem?
    o blog ta a cada dia melhor parabens pelo texto.
    bjks
    fui..

    ResponderExcluir
  11. prima sem palavras !!!!

    fikou muito linda msm ....

    TE ADORUUU

    by loha

    ResponderExcluir
  12. caraaacaaa milla, arrasou!
    depois dessa não tenho nem o que dizer..
    só que eu também odeio a vida doméstica e matemática..
    Muitíssimo obrigada pelo comentário, suas palavras são muito importantes para mim, tenha certeza de que a admiração q eu tenho por vc é a mesma, se não for maior ainda. amo de paixão seu blog, passarei a visitar mais! vou te colocar na minha lista de favoritos ok? rsrs
    bjão

    ResponderExcluir
  13. Olá...Obrigada pela visita...
    estou apenas começando...
    Adorei esse texto, sempre q puder passo daqui...
    Bjão!

    ResponderExcluir
  14. rsrsr Srtª Vascaína então rsrs
    menos mal... rsrs

    você disse bem, amor não deve ter divisão... Sempre "one love"... =)
    hahaha

    Manteremos contato sim...
    Trocar textos, sentimentos, idéias...
    É bom ter alguém com quem dividir os nossos devaneios... =)

    Enquanto tento te desvendar...
    você tenta desvendar meus textos também... rsrs
    Assim sabemos o que passamos ao "público", que as vezes é diferente do que sentimos ao escrever... =)

    Estranho né rsrs

    Beijos Milla...

    Ale Castro Alves =)

    ResponderExcluir
  15. Oi Milla Borges!! tudo bem com você? parece que sim!! está cada vez mais inspirada!!
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Uma mulher maravilhosa repleta de versos mágicos.

    Encantado.

    http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Você só pode ser você...













    O que ja é muito....

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!