quarta-feira, 11 de março de 2009

Teatro Contemporâneo




Um novo teatro, que nem todos entendem...



Atrás das cortinas havia o cenário
De uma peça sem muito efeito
Com um texto anti-literário
E um único ator, imperfeito
A perturbar o imaginário
De uma platéia semi-morta
Interessada no lado contrário
Do que realmente importa

O (pobre) ator esplêndido e aventureiro
Contemporâneo e minimalista
Ocultava o tempo inteiro
O que era a arte do artista

E o seu público autoritário
Desacostumado a questionar
Exigia um enredo hilário
Que não o fizesse pensar
Mas o ator extraordinário
Sem se importar com a bilheteria
Fez do seu palco, santuário
Como há muito não fazia

Com seu talento magistral
Encenou o realismo com alma
( Caiu o pano... )
A platéia confusa e convencional
Se levantou e bateu palma.



Milla Borges

15 comentários:

  1. Texto assim só poderia vir de uma atriz e uma verdadeira artista!!!

    Amo muitão vc, meu orgulho!!!

    Beijoos

    ResponderExcluir
  2. ...muito interessante este blogue! Diferente...

    ResponderExcluir
  3. Hummmmm... Blog de cara novo... Gostei...

    Sobre o poema: fantástico! Conforme lia, imaginava o palco, o ator e platéia...

    Tenha uma ótima noite...

    Bjssss

    Dany

    ResponderExcluir
  4. Assim como o oceano só é belo com o luar
    Assim como a canção só tem razão se cantar
    Assim como uma nuvem só acontece se chover
    Assim como o poeta só é grande se sofrer
    Assim como viver sem ter amor não é viver

    (Vinícius De Moraes/tom Jobim)

    Desejo a voce um resto de semana maravilhoso
    Abraços. Eduardo Poisl

    ResponderExcluir
  5. Esse foi um dos texos que mais gostei seu.1000.

    ResponderExcluir
  6. Milla minha amiga, se superando cada dia mais e mais, tenho orgulho de ser sua amiga, e mais do que isso uma irmã.

    Te amo muito, BFF.

    ResponderExcluir
  7. Miga linda,amei o texto...
    Muito gostoso de ler...
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  8. Amiga

    Adorei o texto, as palavras, a imagem do ator e da platéia muito boa. parabéns muito showw

    ResponderExcluir
  9. Muito bom Milla... a cada dia vc evolui mais... Parabéns!! Beijão

    Migs

    ResponderExcluir
  10. menina...uauuu descreveste com tanta intensidade a cena , que por momentos imaginava as caras do publico :)
    espectáculo !!!!


    beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Pintura, imagem poética...
    Poesia palavra pintada...
    Uma, esboço de figura amada;
    A outra, ténue palavra profética!

    Pintura e poesia...
    Imagem e palavra de sentimento
    E de amor em utopia!

    São o sonho que sonhei...
    Quando, no Éden amei!

    (FERNANDA & POEMAS)

    Desejo a você um excelente final de semana com muito amor no coração
    Abraços: Eduardo Poisl

    ResponderExcluir
  12. Bato palmas, não por se vonvencional, mais por achar seu texto alto astral.(ou não)!!! Adorei...

    Ola estou só batendo o ponto!!!
    Vim conhecer o seu cantinho, e estou adorando o que vejo; serei presença constante aqui.
    O meu mundo quadrado é um lugar feito por devoção ao poeta, e a poesia, pois amar o poeta é entra em seu mundo te convido a vim conhecer o meu...
    Um abraço e fique com DEUS...…

    ResponderExcluir
  13. Passei pra dar uma espiadinha...e deixar um bjão!

    ResponderExcluir
  14. Realmente...a cada dia vc se supera prima...parabéns msm pelos belos textos...!


    BEIjO!

    ResponderExcluir
  15. Pessoal!
    Muito obrigada pelo carinho de sempre e por esse incentivo constante!

    Que eu consiga continuar fabricando sonhos nas mentes dos que me leem!

    Beijos enormes a todos!!!!

    Milla Borges

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!