quinta-feira, 9 de julho de 2009

E ela é dessas



Nem sempre lúcida, às vezes plácida
Totalmente pálida

E ela é doce.

Tem dias que brilha, em outros se apaga
Vestindo transparência
Fosse pra onde fosse

E ela é linda.

Olhar marcante, meios sorrisos
Gestos rápidos e objetivos
Tem a voz rouca,
Ideal para seus gemidos
Frívola

E ela é louca.

Sai sem destino, não dá notícia
Seus horários são distorcidos
Ela não sonha
Virando noite, dorme de dia
Suas palavras não tem sentido

E ela é forte.

Conta mentiras, ri muito alto
Brinca com a morte
Só sai de casa se for de salto
Não sente medo
Tem muita sorte

E ela é esperta.

Mesa de bar é seu ambiente
Desapegada, está sempre certa
Ela é direta
Muito sagaz e inteligente
Está sempre alerta

E ela é querida

Não telefona, não faz promessas
Não tem pudor
É atrevida
E é tão livre e independente
Indiferente

E ela é dessas.

Ela é da vida.


Milla Borges

48 comentários:

  1. E será que ela é feliz?

    Vivendo num mundo inatingível.
    Inalcançável e sozinha. Perdida em seu próprio mundo... será que a felicidade faz parte dele.

    Lindo o texto, meu amor!
    Cada dia gosto mais deles.
    Tenho orgulho de vc.

    Beijoooos!

    ResponderExcluir
  2. Uma vida um pouco solitaría...Seja qual seja a vida...uma vida sem sonhos não é vida...
    Beijo de um anjo

    ResponderExcluir
  3. Millaaaaaaaaaaaaaaa,

    Que texto mais lindo, até arrepiei! Ela é tudo isso, porque ela é você, sem medo de mostrar todas numa só.

    Quando nascemos pra encantar, não tem jeito... você é um encanto!

    Beijo imenso, menina linda do meu coração.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  4. Ela é da vida e a vida é dela, não importa nada.Texto ótimo!!!
    beijão

    ResponderExcluir
  5. vc sempre gentil querida...
    muito obrigado pela visita e pelo comentário...

    suas palavras sim é que me deixam sem palavras rs...

    sempre escreve maravilhosamente bem...

    até...

    ResponderExcluir
  6. Será mesmo que ela é louca, as vezes não hein rs...
    Linduh Texto, parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Um espaço só dela.
    Uma vida só dela.
    Um dia ela sentirá falta dos " outros"...
    Amei o texto!
    bjo

    ResponderExcluir
  8. Adoro a forma como vc se escreve!!
    mto bom seu blog viu..
    te convido a conhecer o meu tb!!
    bjos

    ResponderExcluir
  9. queria fazer como sempre faço
    aqueles comentários enormes
    mas to sem palavras

    muito bom o seu texto

    =P

    tenha um ótimo fim de semana

    =*

    saudades tambem

    *-*

    ResponderExcluir
  10. E é tão livre e independente...

    E respiro toda a liberdade
    que alguém pode ter
    de repente ser livre
    até me assusta

    (Costumes, de Roberto e Erasmo Carlos)

    Gratíssimo pelo comentário no blog das artes!

    Estive por aqui.

    ResponderExcluir
  11. Lindo texto amiga.
    Sem medo, sem rumo e sem documento. Simplesmente ser ousada, sem medo de errar. Arriscar e tentar. Parabésn
    sandra

    ResponderExcluir
  12. Belo texto Milla! Ela é dessas que tem vida própria e tem coisa melhor que isso?
    Alguns dizem que ela é sozinha, mas quantas vezes nos sentimos só estando rodeados de pessoas! Ela ser só pode ser figurado, pois pessoa como ela na verdade nunca estão sozinhas, ela penas escolhe o momento e com quem quer estar e tenho certeza que ela despedeça corações!
    Ela é dessas, rsrsrsr
    Beijos querida, amei seu texto e muito obrigada por sua adorável visita, volte sempre que quizer!!!

    ResponderExcluir
  13. Ela é dessas que aproveita tudo que a vida oferece...

    ResponderExcluir
  14. Ela vive... ela é ela!!

    Adorei teu post!!!

    Beijinhus

    P.s.: Sorry pelo sumiço... =/ passarei mais por aqui. Adoro teu espaço!!

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito! Muitíssimo!
    Não sei se conseguiria viver como 'ela'.
    Loucamente, tão destemidamente.

    :**

    ResponderExcluir
  16. Geeeeeente!!!! Tá apurando o estilo, tô gostando de ver. Ousadia e técnica sempre ajudam quando se tem algo a dizer, as palavras nunca podem ser vãs. É este o caminho, muito bom mesmo.
    Vai fundo garota, tem muito coelho pra sair desta cartola kkkkkkk.
    Beijão.
    Tia

    ResponderExcluir
  17. mulher essa que ate desejei ter amiga....muito lindo este texto aqui...adorei mesmo...


    Ademerson Novais de Andrade

    ResponderExcluir
  18. E eu não me canso de olhá-la.
    E as vezes me dá vontade até de morder.

    ResponderExcluir
  19. Maravilhoso seu texto!
    Parabéns minha querida!

    ótimo final de semana prá ti!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Se cada dia cai, dentro de cada noite,
    há um poço
    onde a claridade está presa.
    há que sentar-se na beira
    do poço da sombra
    e pescar luz caída
    com paciência.

    Pablo Neruda

    Desejo um belo domingo e uma linda semana.
    Abraços

    ResponderExcluir
  21. ampla.mente original.

    sedutora e bel.íssima composição.

    a ser os dias aqui.

    .u.m.a. .b.o.a. .s.e.m.a.n.a.

    ResponderExcluir
  22. Que lindo ..
    Adorei !

    Obrigada pelos elogios.

    Espero ti ver mais vezes lá no meu blog :)

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Lindo poema.Mila.
    Com certeza a muita recatada querendo ser uma dessa,libertando se de suas frustrações.Parabéns
    Boas energias
    Mari

    ResponderExcluir
  25. Ei, Fabricante! :)

    Logo, logo tem novidade na torre!

    Aguarde! Obrigadoooo pela visita.

    Um beijãooo.

    Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA

    ResponderExcluir
  26. Acho que deve existir uma dessas, fortes, dentro de todas. Achei lindo o texto, da uma motivação, impulsiona. Adorei.
    Obrigada pela visita e o comentário.
    Amei aqui também, volto com certeza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. E sera que ela é feliz? De todos os sentimentos, sensações, onde fica a pouco lembrada felicidade?

    ResponderExcluir
  28. adorei conhecer seu espaço. Voltarei para conhecer outras elas tão belas assin!

    ResponderExcluir
  29. Tem bolo para vc. Passe lá.
    sandra

    ResponderExcluir
  30. Ao meu querer!
    Dias noites, estações esquecidas
    Inventei sonhos para sonhar
    Lavei mágoas, dores perdidas

    Uma árvore toca as águas da lagoa
    O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
    Um Melro negro solta um pio ao acaso
    A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


    Convido-te a ver a Cor da Claridade


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  31. Que lindo blog!
    E adorei o poema!
    Beijo,
    doce de lira

    ResponderExcluir
  32. Olá, caríssima!

    Sabe... o poema que postei,
    não é do Leonel Neves.
    É meu. É uma homenagem a esse grande poeta.

    Desejo-lhe felicidades

    e deixo uma beijoca.

    ResponderExcluir
  33. Olá! Estive um tempinho fora do ar, mas agora estou de volta, vi que seu blog tem melhorado muito, cada texto um melhor que o outro, abraços. Volto logo...

    ResponderExcluir
  34. Putzz Millaaa, q louco esse!! Adooreii garota! Caricaturizou direitinho uma personagem, mas deixou meio nas entrelinhas... perfeito! É por isso q eu sinto uma falta enorme qndo fico muito tempo longe daqui!
    E outra coisa (ñ sei se já comentei), adoro toda vez q entro no seu perfil e vejo "Interesses: Tráfico de cultura"... é muuuito legal mesmo! kkk
    tenha uma ótima semana amiga..
    bjokas!!

    ResponderExcluir
  35. O Néctar da Flor oferece um selo DIGA NÃO AO PLÁGIO! Somos originas, porque somos únicos. Cada ser um humano tem uma emoção individual. Por mais que as palavras e os pensamentos sejam parecidos, não temos o direito de pegar algo de alguém e dizer que é nosso. Não podemos trocar palavras e rasurar o sentir do próximo. Encontramos inspiração em alguém, na natureza, na vida, mas não temos o direito de copiar sentimentos. Inspiração é uma coisa, xerocar palavras alheias é outra.



    Beijos jogados no ar, sempre!



    -

    ResponderExcluir
  36. Olá...Voltei....
    Seu blog está cada dia melhor...
    Parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  37. E por ela ser dessas,
    é que faz ela ser assim!
    E a nós homens sonhar tanto,
    em encontrar uma dessas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Oi, adorei seu blog também,
    Obrigada, passe sempre lá mesmo!

    ResponderExcluir
  39. Bonito o poema! (engraçado, achei q já tivesse comentado nesse aqui...)

    ResponderExcluir
  40. Que linda que ela é, né? =)

    Um luxo, flor, todo o poema.

    ResponderExcluir
  41. Oi, querida... Passei pra dar notícias. Estou me recuperando bem. Eu e minha mãe já saímos do hospital e a cada dia temos mais esperança de que não haja rejeição. Eu fiquei absolutamente encantada com as msgs que vcs me deixaram lá no blog. Receber tanto carinho e solidariedade de pessoas que nunca vi pessoalmente foi revigorante. É como se a Vida me dissesse que realmente vale à pena acreditar nas pessoas, no milhão de coisas boas que há nelas. Enfim, vou ver se atualizo o blog com as novidades, mas quis passar pra agradecer pela força. Bjs.

    ResponderExcluir
  42. e ela eu não sei, mas vc é brilhante no que faz. tem um talento imenso para escrever, sabe aonde colocar cada letra sem tirar o sentido do texto!

    Parabéns, e que está fabrica continue cada vez mais crescendo, pq "ela é maravilhosa"

    bjus!!!

    ResponderExcluir
  43. Uma vida feita de vontades, sem meias verdades é o que ela quer!
    No futuro ela não se arrependerá de NÃO ter feito,mas quem sabe ela se arrependa de TER feito...nunca se sabe!

    Belíssimo texto!

    tô de volta, finalmente.
    Já estava com saudades suas!
    Fica com Deus
    bjoOo
    ;D

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!