terça-feira, 13 de outubro de 2009

Menino



O semblante era aquele terno de quem espera um sorriso.
O sorriso simples que se vier, vem com pena, de um semblante terno.
Uma pele preta, olhos úmidos e o tempo seria de brincar.
Mas a fome não tem tempo nem é terna.
Não é brincadeira.
Ela dói.
Era menino.
E ele menino, brincou de trabalhar.
Mas trabalho não é simples e quem passa tem pressa.
Não tem tempo para um sorriso, nem para se importar.
E por que se preocupar?
Ele não é o meu menino...
Mas eu tenho um sorriso e não me custa ofertar.
Simples e com pena.
Não tem como não doer.
E eu também tenho pressa.
Que fazer com o menino?
Que fazer pelo menino?
O sorriso do menino, em resposta ao meu sorriso, fez a lágrima rolar.
Será que ele tem nome?
Qual será a sua história?
Dá vontade de ajudar...
Ah, menino...
Que Papai do Céu te ilumine, e te proteja.
Que permita o seu sorriso.
Ah, menino...
Que quem passa tenha tempo de no mínimo pensar.
Que quem passa tenha ao menos um sorriso pra te dar
Ah menino...
Me desculpa, eu tenho pressa...


Milla Borges

33 comentários:

  1. Não é difícil encontrar esse menino... temos um em casa esquina.. em cada ônibus... caricaturas do nosso país. Prova de todas as diferenças.

    E eu tb vivo com pressa...

    Meu amor.. lindo... belo tema e muito bem exposto.

    Eu te amo demais, meu amor!!!

    Beijooooos!

    ResponderExcluir
  2. Ai, Milla, me emocionei. :S
    Quantos meninos vemos durante o dia, em meio a nossa correria?
    Dói, dói muito, mas eu tenho pressa.
    Um dos males da humanidade é a pressa.
    Por causa dela perdemos tantas coisas. :S

    "Ah, menino...
    Que quem passa tenha tempo de no mínimo pensar.
    Que quem passa tenha ao menos um sorriso pra te dar"


    Esse é o meu desejo também, Milla.
    Excelente post, ao mesmo tempo que nós emocionamos, refletimos.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Não deveria ser assim...mas ao longo do dia encontramos tantos meninos assim...
    Beijo de um anjo

    ResponderExcluir
  4. Realmente é muito facil encontrar esse menino hoje em dia.
    Com o semblante de tristeza no rosto.
    Tendo que trabalhar ao inves de brincar.

    ResponderExcluir
  5. Esse menino esta esperando o Brasil ter tempo para ele...

    Belo grito de alerta minha doce amiga!!!


    Beijo e Paz...

    ResponderExcluir
  6. Nossa...qntos meninos desses não passaram por mim do dia de hoje? Mas eu tb tinha pressa...

    Belo texto, como sempre!


    Adorei a visita =)


    Grande beijo,
    Mary Jane

    ResponderExcluir
  7. É o retrato da nossa vida: nunca temos tempo...

    O problema é quando trocamos as prioridades...

    Beijo,
    António

    ResponderExcluir
  8. Eu sinto pena deles. Mas, não faço nada pra ajudar, as vzs dinheiro ou comida..
    Não é suficiente.


    Beijos, linda!

    ResponderExcluir
  9. às vezes a pressa de passar prende-se com a urgência de não querer ver.

    ResponderExcluir
  10. aaaahhh, ;/

    eu não vou fazer um comentário decente,
    porque esse tema mexe demais comigo,
    e hoje eu já não tô muito bem,
    e eu tô na faculdade,
    e não seria nada legal um cara de 1,9 chorando na frente do PC, ;x

    Muito bem escrito, senhorita,
    Muito mesmo, =x

    Beijo carinhoso, :*

    ResponderExcluir
  11. É realmente muito realista... sinto isso quando vejo 'esses meninos'. Parabéns pela encantadora forma de colocar os sentimentos para fora...! e de conseguir expressar tão bem...

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Vim pedir desculpa pela minha ausência no teu blogger mais como havia um feriado e trabalho com turismo ficou difícil, mais agora com um pouco menos de trabalho volto a normalidade.

    "O que diferencia uma pessoa de outra é o seu imaginário, a interpretação que dá aos fatos da vida." (Tisuka Yamasaki)
    Abraços com muito carinho.

    ResponderExcluir
  13. E o pior é que as vezes a gente só precisa de um sorriso, ou um gesto desses de cumplicidade. Ficamos bem quando recebemos, mas quase não damos. Não é só de fome que as pessoa sofrem, nem só de falta de roupas limpas, mas também de afeto. Matamos sempre algum sorriso por só olharmos o nosso umbigo.

    Lindo, como sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Que Deus te ilumine a ti também.

    Beijinho no teu coração
    Susana

    ResponderExcluir
  15. O tempo, sempre o tempo, ele não nos deixa parar... Mas a Fabricante de sonhos se enternece, nos emociona apenas com um sorriso, mesmo tendo pressa... Belíssima postagem.
    Beijos, querida!
    Tia.

    ResponderExcluir
  16. ' Oi Milla, mais uma vez me emocionei com seu post, hoje em dia é tão fácil encontrar com meninos desse jeito, eu mesma sou professora do Estado, sempre vejo meninos com a carinha assim, fico tão triste =/
    bjoo's no ♥ minha lindxa^^

    Josy*

    ResponderExcluir
  17. Quantas e quantas vezes...parado em um rua qualquer me deparo com um corpo fragil...com um corpo que cresce mais que lá dentro parece diminuir....se apequenar.....pois sem amor...pois com frio...pois sem algo em que se agarrar...sua alma se encolhe....e mesmo não querendo a gente vê....Vê milhoes desses corpos pequenos..frageis..que sobem e descem as ruas a procura de algo que nunca encontram nas ruas...


    Ademerson Novais de Andrade

    ResponderExcluir
  18. Queres saber,
    Como ti chamas menino?
    o que se muito vê é
    Do que ti chamam menino!

    Para muitos, Menino é moleque vadio.
    Para poucos é um destemido que mesmo na imensidão do sofrer,
    ainda esbanja um sorriso!

    Para ele, no pouco há muito,
    desde que em meio a pressa um sorriso lhe seja dado,
    mas ele almeja uma paradinha, pois nem sempre dão-lhe um sorriso, mas um olhar obscuro!

    Aaaahhhh a bendita pressa,
    sempre com pressa e querendo nos apressar!

    Que bom que você tá na ativa de novo Milla!

    Não suma ta bem?

    Fica com Deus!
    bjoOo
    ;D

    ResponderExcluir
  19. Saudadeeeeeeeeeee dos seus posts Milla!^^
    Esse foi mais um daqueles q toca o coração...Qtas vezes passamos com pressa sem perceber a dor nos olhinhos dessas crianças...Esquecemos q são seres humanos como outro qualquer!...Esquecemos d ser HUMANOS!

    Bjos!
    =**

    ResponderExcluir
  20. Milla,

    Quantos meninos passam a luz do dia e não vemos. Quantas crianças ficam numa escuridão por causa do nosso egoísmo. Sempre paro pra escutar e faço acontecer.

    Você é linda, sabia?

    Vou add no twitter.

    =]

    Beijo grande, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  21. Texto muito emocionante, toca o coração, a fragilidade assusta e muitos passam e não percebem.

    Vou te seguir...
    http://twitter.com/eurabiscando ( estou começando agora)

    bjos prá vc!

    ResponderExcluir
  22. As vezes é dificil de acreditar que todos temos uma historia, mas muitos não conhecem. Alguns precisam de ajuda, mas nos falta coragem pra ajudar, cada dia que passa essa sociedade afunda mais.

    ResponderExcluir
  23. Outra coisa, já te adicionei no meu twitter, aceitar lá depois!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  24. pois é quantos eu passo e nem sorriso nem bom dia

    me recordo uma vez de um desses meninos
    estava no sinal e na hora q ele chegou no meu carro o sinal abriu... ele simplismente me mandou um beijinho com a mão com um sorriso no fim

    eu e minha mãe muito tocadas resolvemos fazer o contorno e passar de novo naquele sinal dessa vez retribui o beijo e o sorriso e dei também algum dinheiro

    gestos simples que nos tocam

    beijos

    ResponderExcluir
  25. Ah, que lindo!!!!!
    Obrigada pela visita no meu blog...Adorooo *-*
    Prometo me dedicar mais sim...
    Inpirações que tenho..pode crer q vc tbm me ajuda!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá minha linda
    Estou sumida, mas sempre q posso venho aqui lhe fazer uma visitinha....
    E esse texto me tirou lágrimas dos olhos...

    um beijão em seu coração!

    ResponderExcluir
  27. Corre assombração
    Vai para outro mundo numa toada de vento
    Afasta de mim este cálice
    Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

    Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
    Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
    Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
    Deixa-me navegar sem rumo, perder o control



    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  28. Desculpe-me MILLA...
    não resisti...
    me encantei com
    Uma Garota de Sorte
    e... clonei.. rs

    Veja com os devidos créditos em

    http://www.flogvip.net/verluci/9259134/

    Tenha uma dia alegre e feliz!

    Verluci Almeida

    ResponderExcluir
  29. Oi, querida Milla, essa imagem da pressa das pessoas sempre se repete em meu pensamento... Esse menino está sempre acuado em seu canto, com fome e espanto, a procura de algum acalanto, querendo ser uma promessa de encanto de ser o nosso futuro Brasil...

    Beijos.

    Muito bom vir aqui também.

    ResponderExcluir
  30. . da pressa a vida passa na mais severa ameaça .

    . da fome, da in.diferença . da des.crença . da rudeza . da criança que não pode ser do mundo .

    . o.b.r.i.g.a.d.o. Milla, por seres quem és .

    . um beijo, sentido ,,,

    . paulo .

    ResponderExcluir
  31. O mundo tem pressa hoje e se apressa sem reservar um tempo para os que não tem com o que se apressar, com os que apenas sobrevivem.

    Belo poema, parabéns.

    ResponderExcluir
  32. Na verdade, só ter a capacidade de ainda ver, de perceber a existência do menino e se doer pelas dores dele, só isso já nos mostra que ainda estamos vivas, apesar do tempo insistir em nos impingir o seu ritmo, as suas normas. Só que não basta, né? Me junto a vc, mas peço e torço pra que alguém passe e talvez não pare. Mas continue e faça a sua parte pra que esse mundo um dia tenha menos meninos que brincam de viver uma vida de cão. Que bom que vc voltou. Faz falta. Bjs.

    ResponderExcluir
  33. Sua postagem é bem legal;
    esse menino tá por aí, em cada esquina nos olhando com olho de quem tem fome, tem sede, de pão, água e afeto; mas o ônibus já vai passar, o supermercado vai fechar e a gente corre com pressa :(

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!