quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Baseado em fatos reais

Sonhadores!
Volteiiii!
A vida me levou por caminhos tão diferentes e eu sempre resistente às mudanças, não consegui dar conta de tudo aquilo que me faz bem. Fraqueza? Não... É só a minha eterna briga com o tempo... Essa norma que me aprisiona...
24 horas nunca são suficientes...
Mas o importante é que eu VOLTEI!!!! E tava com saudades mesmo dessa minha fábrica e dos meus sonhadores... Êêêê coisa boa!!!! E aos poucos vou visitar os blogs amigos, sempre comigo.... Minha força vem de vocês. Depois de mim...
Que vocês saibam disso!
Estou retomando um sonho antigo e isso tem tomado todo o meu (pouco) tempo!
Mas a felicidade está comigo e isso para mim, é o que verdadeiramente importa!

Sem mais delongas, texto para quem gosta:

Baseado em fatos reais

Cada passo dado em frente, deixava marcado no chão uma mancha com formato de pétala.
E foi assim que ela seguiu.
Despedaçou pelo caminho muitas flores, por inveja e foi castigada com a dureza das pedras.
E foi assim que ela caiu.
No chão, rolou na lama, de pirraça e perdeu as unhas cravadas ao solo para que tivessem dó.
E foi assim que ela sofreu.
Bebeu as próprias lágrimas, de sede e de vontade de berrar, mas se calou e sem apoios se pôs de pé.
E só então se reergueu.
Cada passo dado em frente não deixava marcas, que o vento apagava e o vento a empurrava diante de um espelho.
E foi assim que ela se viu.
Desgrenhada e insolente de olhos inchados e nariz vermelho, de bochechas debochadas que ardiam e eram tristes.
E só então ela sorriu.
Deu as costas para o mundo de conceitos e formatos, abrindo a porta da saída de emergência, para a fuga perfeita.
E foi assim que ela correu.
Dessa vez com o vento contra, lado a lado com a sombra solitária que fazia companhia, viva e irresponsável.
E foi assim que ela sentiu
Cada passo dado em frente, marcava uma etapa e marcava a memória, sendo forte e corajosa para despir-se de si mesma.
E só então ela cresceu
Recolheu as dores do que foi, e se havia sido serviu, transpirando a inquietação de uma descoberta simples que aceitou.
E foi assim que ela morreu
Recriou sua caminhada de tropeços e quedas, de alegrias profanadas sem abandonar todo caos e leveza que nela se instalou.
E só então se permitiu
Cada passo dado em frente era seguro e consciente do objetivo que escolheu, sem segurança ou consciência, que arriscou, acreditou.
E ela enfim renasceu.


Milla Borges

34 comentários:

  1. Coincidência, ou não, ainda ontem eu me perguntava: "por onde anda aquela moça?" rsrs.. Demorou mesmo. Mas compensa ler uma coisa dessas. Tu sempre escrevendo sob medida. É incrível. E se ela renasceu, que agora os caminhos se façam e que ela seja feliz.
    Beijos grande!

    ResponderExcluir
  2. Passando p/ deixar um OI e dizer q vc ta mandando cada vez melhor

    ResponderExcluir
  3. Já estava com saudades desta fabrica de sonhos:)
    Beijo de um anjo

    ResponderExcluir
  4. Milla do cééééu, que bom te ter de volta!
    Noooossa, como senti tua falta!

    Voltaste com tudo, hein?
    Adorei!
    "Cada passo dado em frente era seguro e consciente do objetivo que escolheu, sem segurança ou consciência, que arriscou, acreditou.
    E ela enfim renasceu."

    Coisa mais linda!

    Beijo, querida ♥.

    ResponderExcluir
  5. E que belo renascer! Seja bem vinda... fabricante de sonhos!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eba,que bom que você voltou,muita saudade de seus poemas.
    Espero que fique de vez agora :D

    ResponderExcluir
  7. Q bom q está de volta.

    bjs prá vc!

    ResponderExcluir
  8. Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração? Excelentes postagens! Bjs

    ResponderExcluir
  9. Milla,

    Você faz uma falta nessa blogosfera. Não ter o carinho da moça da fábrica de sonhos é ruim demais. Sabe, chegar aqui e ler um fato tão real é saber que a coragem sabe ser humanizada.

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  10. Voltou como um sonho bom que deve sempre voltar...

    Estava com saudade desta fabrica fundamental para os sonhos meu e de tantos outros...

    Continue dando seus passo sem medo, sem pressa, mas sempre feliz....

    Beijo e Paz...

    ResponderExcluir
  11. caminhar será sempre a forma de voltar a nascer.

    ResponderExcluir
  12. Gostei, um texto com varias fases, igual a todos nós, que sempre estamos evoluindo e passando por varias mudanças.

    ResponderExcluir
  13. Milla, seja bem vinda!
    Que bom que vc já está de volta, estava com saudades.
    Amooo os teus textos!
    E essa história realmente é real na vida de muitas pessoas, e eu sou uma delas...

    Vê se não some mais eim.

    Bjks

    ResponderExcluir
  14. ' Milla minah lindxaa^^
    Q bom q vc voltou, eu vinha aqui direto ler os seus textos e é claro com a esperança de vc voltar, faça isso mais naum, quer nos matar de saudade^^
    Sim, o texto tá perfeiito como sempre, me identifiquei muiito com ele...
    bjoo's no ♥

    Josy*

    ResponderExcluir
  15. Mudanças nem sempre são bem vidas, ficamos com medo de nada de certo, mais quer saber, mudanças e melhor que nada, pelo menos você esta saindo do lugar.
    E quanto ao retorno do sonho que você deixou para trás, que bom que esta investindo nele, e sempre bom correr atrás de coisas que queremos.

    Adorei o texto.
    “Cada passo dado em frente, marcava uma etapa e marcava a memória, sendo forte e corajosa para despir-se de si mesma.
    E só então ela cresceu”

    Fica com Deus

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Own, querida! :D
    Nem precisa agradecer pelo carinho, é gratuito. xP

    Ah, adoro seus elogios. Fico tão feliz! :D

    Sim, sim, melhor é encarar a vida de frente, sem medo do perigo e de ser feliz!

    Amou voltar no Sacudindo Palavras? Que leeegal, então volta mais vezes. xD

    Espero ansiosamente pela próxima postagem.

    Beijão, Milla ♫! ♥

    ResponderExcluir
  17. Não te conhecia e...fiquei super feliz...quem sabe...não me ensinas??? ...a sonhar? já não sei...apenas tenho vagas lembranças de que é tão maravilhoso...
    Bjito com ...SOL

    ResponderExcluir
  18. Oh até que enfim vc voltou hein, tava ficando com saudades.
    Lindo texto como sempre né...

    ResponderExcluir
  19. Passei por um sonho, e vim parar a outro...
    Gostei do que li, lindo post...
    Saudade

    ResponderExcluir
  20. Será que o Poeta é mesmo um fingidor? Espero sinceramente que não, pois só assim posso acreditar que tudo volta ao normal, se é que você me entende... Que boooooooooom!!!! Acho que o sonho não acabou, rsrsrs...
    Beijos esperançosos.
    Tia

    ResponderExcluir
  21. Olá...eu percebi mesmo sua ausência no metro quadrado das artes!

    Ótimo saber que voltou!

    Seja sempre bem-vinda ao fantástico e sedutor mundo artístico.

    Abraços pintados e esculpidos.

    Estive por aqui.

    ResponderExcluir
  22. tenho um presente para ti, no meu blog.
    beijos!

    ResponderExcluir
  23. realmente vc tava sumida,
    mas não deixou o ritmo de textos cair,
    seguem na ativa, sempre

    ^^

    ResponderExcluir
  24. Que otimo que vc voltou amiga....nos banhando com tuas palavras que sao sempre belas...confortadoras..e iluminadoras......estarei aqui sempre....

    Ademerson Novais de Andrade

    ResponderExcluir
  25. . sê bem re.gressada querida Milla .

    . que aos seus pés seremos sempre as marés no en.canto maior com que nos acrescenta .

    . um beij.íssimo meu .

    . sempre e para sempre .

    . paulo .

    ResponderExcluir
  26. Ahhh Millaaaaaaaa, q liindo!
    vc narra as coisas de forma tão serena.. não é a toa q sou fãzona de seus textos!
    Me emocionei também com seu último comentário, parece q era exatamente isso q eu precisava ouvir!
    bom.. sobre minha vida... estou em uma fase muito boa! na família, com os amigos, no colégio.. enfim, estou finalmente bem, graças a Deus! rss
    aos poucos vou contando os ultimos acontecimentos de minha vida no blog. tem um momento q jamais quero esquecer, q postarei em breve!
    tbm quero noticias suas!
    axo q nao tenho vc no msn, tenho?
    se não.. me add: malupaixao_13@hotmail.com
    bjãoo, parabens por mais esse texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
  27. Noooossa, Milla!

    Você ficou uma eternidade longe da gente! Isso não se faz! :) A gente ficou morrendo de saudade de você!!!

    A gente precisa muito desta fábrica de sonhos! Ah, mas que bom que você voltou! É isso o que importa!

    Beijãoooooooooooooooooo!

    Pedro Antônio

    ResponderExcluir
  28. Muito Lindo o texto...
    "Td acontece no tempo certo"
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Obrigado pela visita querida. Tbm a seguireo ok?! fabrica de sonhos? vou sonhar junto tá. rs...

    adorei o texto, beijos querida

    ResponderExcluir
  30. Oi amiga, passa no meu blogger UMA ILHA PARA AMAR tem uma surpresa para você, espero que goste.
    Abraços

    ResponderExcluir
  31. Palavras suaves expostas de maneira intensa!
    Lindo o texto, como sempre...e não suma mais do blog, as pessoas merecem ler esses seus textos maravilhosos!

    Eu te amo muito! Tenho orgulho de vc, minha escritora favorita!

    Beijoooooos, Princesa!

    ResponderExcluir
  32. Que bom Milla !
    Que você foi lá.
    Estava com saudades de receber esses afagos de sua mão na auto-estima de um poeta menor.
    Que "Bebeu as próprias lágrimas" como uma pétala ao cair na tarde.
    Beijos e abraços.

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!