quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Cárcere



“…lamentar a fraqueza do espírito humano – esse frágil espectro incapaz de sobreviver sem a ilusão, sem o encantamento, sem esperanças impossíveis ou mentiras vitais.”

Dr. Irvin Yalom
(Trecho do livro Quando Nietzsche Chorou)


Simples são teus versos fortes, suas palavras vivas.
Suas mentiras, doces ilusões, que salpicam em mim suas gotas sujas, para que eu sempre me molhe de você.
Mergulho nos rios dos teus lábios e entrego-me sendo refém de sua lábia...
Teu seqüestro covarde não me ofende. Não crio resistência. Teu poder de fogo não me amedronta, mas me convence bem...
Tuas amarras são sempre uma ameaça. Minha liberdade em tuas mãos.
Meu corpo, esperando o teu corpo.
Sofro.
Prazer e desejo unem Eros e Pisque.
Algemada, me arrasto contigo ao teu cativeiro.
Ouço o tilintar de tuas correntes.
Teus versos secos. Tuas palavras tépidas.
Não luto. Permito. Solto um grito.
Um gemido.

(...)


Rendo-me, Carrasco!


Milla Borges

8 comentários:

  1. Saudade da sua poesia. Das palavras escolhidas. Da paixão escrita.

    Lindo o texto, meu amor!

    É por isso que eu sou cada dia mais apaixonado por você!

    Eu te amo muito, minha escritora/poeta/atriz favorita!!
    Beijooos

    ResponderExcluir
  2. Olá Milla,

    Este é um livro que está na minha lista de leituras obrigatórias.

    Belo poema, sempre bom te visitar.

    bjs,

    ResponderExcluir
  3. Deixar-se seduzir, é mais irresistível maneira de seduzir...Belíssimo poema Milla, parabéns !

    ResponderExcluir
  4. Mostraste o lado cruel da paixão. Cruel porque nos deixa depende, amarrados ao ser amado. É... a paixão é cativante, realmente.

    Adoro sua poesia, adoro seu jeito intenso de escrever... Adoro mesmo!

    Beijo, querida.

    ResponderExcluir
  5. Poema forte, no sentido de entrega.
    Bonito!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Lindo Milla Adorei, como sempre você esta de parabéns..

    ResponderExcluir
  7. Estou no cárcere dele e me rendo, todos os dias. Beijos. Lindo texto.

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!