quarta-feira, 17 de agosto de 2011

É só mais um desses sentimentos que resolveram não morar mais em mim...

Acredito que a vida possa ser leve.
Talvez seja, para aqueles que não praticam tão intensamente o exercício do pensamento. Mais que pensar, o peso que cai sobre mim deriva dos muitos sentimentos que absorvo e trituro em meu interior.
 Não há um filtro. Eu mesma me tornei o próprio filtro.
Tudo o que chega até mim através dos sentidos passa por todo o meu ser, para depois se instalar ou ir embora... Não importa.
Tudo passa por mim. Tudo sinto. E nada fica igual.
Essa carga de instabilidade que transpassa a vida traz consigo grandes mistérios...
 (...)
Acho que estou cansada...
Não cansada da vida, ou cansada de viver. O que me cansa é o esforço que faço para me manter viva. Viver tem exigido muito de mim...
Bem, talvez se não houvesse o esforço também não haveria graça. E tenho que admitir: A vida tem graça! Está cheia de graça. Faz graça. É de graça.
(O que custa caro é o preço que pagamos pelas escolhas que fazemos).
No mais, quero que fique claro que, o que aqui declaro não é uma reclamação, tampouco um protesto ou algo do gênero. Longe disso! É só mais um desses sentimentos que resolveram não morar mais em mim...
Eu só queria descansar um pouco... Por uns tempos...
Não falo de um descanso da vida, mas sim a uma pausa nos sentimentos.
Dar um tempo nas verdades das sensações.
O que sinto hoje é um desejo profundo de neutralidade, de ignorância. Desejo de ausência...
(Mas até o desejo é uma sensação).
É... Pode ser que eu não ande mesmo muito bem da cabeça, mas me ocorre uma felicidade larga quando penso numa vida branca...
(Mas até a felicidade é um sentimento).
O que de fato me importa, é que apesar do peso, de todo cansaço, a minha alma ainda está inteira! E o meu corpo, mesmo relutante, está preparado para mais esforços.
Afinal, meu “eu” quer mais é viver do jeito que for.

Milla Borges


17 comentários:

  1. Amooooooor...

    Gostei muito do texto.

    A vida não é fácil, mas temos que ter sabedoria para enfrentar todas as dificuldades.
    E só o amor é capaz de nos sustentar em nosso caminho. De todos, é o sentimento mais precioso.

    E eu te amo! E conte SEMPRE comigo!!!

    Parabéns por mais um belíssimo texto!

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  2. A vida nem sempre nos dá a 100% o que desejamos...mas temos sempre que aproveitar a % que ela nos dá...quanto aos sentimentos...que seria de nos sem eles??? são eles que nos dão coragem para seguir em frente...mesmo qu o caminho seja complicado...
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  3. Branca vida, bela vida... de graça a vida, bom isso, não? Deixar-se levar, matutar menos, pode ajudar a decifrar os enigmas que a bela vida nos propõe. E, quando cansamos, o bom mesmo e começar tudo outra vez. Lançando novos matizes aos já existentes,dá um certo relace. Ou quem sabe, tentar um novo olhar? De qualquer maneira, o melhor é arriscar-se, sempre haverá um bom atalho no caminho. Mas, por favor, exercite o pensamento, mesmo que não seja tããão intensamente. Sofre-se um pouco, mas é bom também,rsrsrs... Afinal de contas,viver é bom demais!
    Bjks da Tia.

    ResponderExcluir
  4. Acho que entendo vc, as vezes tb tenho vontade de ficar quieta, não sair da cama, não dar bom dia a ninguém. Costumo dizer que é o tempo que precisamos para recarregar, depois voltamos com mais energia. As vezes, situações intensas demais nos deixam fracas, sugam toda a nossa força. Nessas horas dá vontade de parar tudo mesmo.
    Mas, a vida sempre nos convida.
    Bjs linda!!!

    ResponderExcluir
  5. Sua obra é tão profunda, e ao mesmo tempo esboça simplicidade e realismo. Fácil se indentificar com todas as questões em
    que você se refere, faz parte de tantas coisas que passamos. parabéns Camila, tenho orgulho de ser seu primo.

    wallace oliveira

    ResponderExcluir
  6. "Não cansada da vida, ou cansada de viver. O que me cansa é o esforço que faço para me manter viva. Viver tem exigido muito de mim...
    O que sinto hoje é um desejo profundo de neutralidade, de ignorância. Desejo de ausência..."
    Tem alguém falando muito por mim aí!!! rsrsrs
    Lindo texto, princesa!

    ResponderExcluir
  7. Olha;

    A vida é assim mesmo. Passamos por um rio entre altos e baixos. Uma pedra aqui e uma cachoeira acolá... assim vai vida tão somente...
    Muita paz para você!...

    ResponderExcluir
  8. A vida não é realmente fácil, mas é maravilhosa e cheia de graça. Texto lindo da Milla Borges.
    Obrigada pelo sua visita e comentário.

    ResponderExcluir
  9. Um belo domingo e uma ótima semana pra ti querida amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  10. Opa... saudações 288... obrigada por comentar no blog, estaremos sempre passando por aqui tbm. Muito show!!!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom seu texto,parabéns pelo espaço, já te sigo.Beijos

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto! Valeu pela visita e pelo comment, querida! Bjzz!

    ResponderExcluir
  13. Minha querida

    Hoje passando para oferecer o meu selinho de 2 anos de blogue, feito com o carinho das vossas palavras e com a amizade dos vossos comentários, que me enchem o coração de calor.

    Beijinhos
    Rosa

    ResponderExcluir
  14. Muito interessante o Blog,
    Gostei muito do que vi por aqui.
    E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

    http://www.bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já.

    ResponderExcluir
  15. Adorei a intensidade do texto querida!


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  16. Olá...tbm achei mto lindo seu blog..
    voltarei mais vezes com certeza!!

    Bom fds p vc =)

    ResponderExcluir
  17. olá parecira (posso tratar-te assim?),lindo, mt bom! :) bjinho

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!