quinta-feira, 11 de julho de 2013

É fácil.


Nem era pra ser tudo tão difícil assim, sempre, mas parece que as coisas quando são muito fáceis se desvalorizam com o tempo. Isso me leva a crer que a dureza da vida é que vai encaminhar os seres humanos para um viver muito melhor, mais saboroso. Grande engano! Acontece, que nada apetece aos que, acostumados com a atitude rude da existência, se tornam difíceis, pessoas difíceis, juntamente com as coisas dessa vida. Fica tudo mais difícil... Coisas, pessoas, humores, conquistas... E aí?
E aí?
Eu que já dificultei tanto as coisas decidi facilitar...
Não acredito mais na dificuldade. Ou melhor, acredito, mas não a temo mais...
Facilito as coisas. E pronto.
Facilito o papo, a passagem, o perdão, as conversas, as amizades.
Não me importo em ser assim tão fácil... Um sorriso já me ganha, uma flor já me modifica, um dia de sol já me satisfaz. Fácil, simples, como a vida tem que ser.
É... A vida tem que ser.
Exercitar a facilidade para praticar a felicidade.
Nem dói e é bom.
Viver é fácil.
Só acho.

Milla Borges.

5 comentários:

  1. A melhor coisa da vida é acreditar nela. Que bom que você facilita. Perdoa e segue em frente. Só coisas boas ficam em corações bons. Felicidades !

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga! Passando para te cumprimentar e saber notícias tuas. Como estás? E a saúde? estou no mesmo endereço. Rsrs.

    Quanto ao post, bastante verdadeiro e pertinente nos dias atuais. Se podemos facilitar, complicar por quê?

    Beijos e muita paz pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  3. Menina fabricante de sonhos, que bom vir aqui e ver que você ainda escreve... Verdade, dificultamos demais as coisas, quando precisávamos apenas facilitar...

    Abraços,

    Dany Ziroldo

    ResponderExcluir
  4. E como seria fácil,
    se todos sorrissem ao mesmo tempo!

    Beijo

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!