terça-feira, 19 de novembro de 2013

Seus efeitos I


De olhos abertos, porém desacordada, enxergo.
A imagem em desacordo, o real de olhos fechados.
Sua essência que pulsa, me atinge, me acorda.
Não concordo com o que vejo.
A tua ausência me incomoda...
Em torno, sua foto, sua face. Meu desejo.
Devolvo a vontade do tato, do beijo.
À vontade, te deixo.
Dou corda...  Eu me escondo e faço graça.
Faço troça enquanto você disfarça.
A farsa por trás da verdade, almejo.
Seu rosto, seu gosto, sem texto.
O som além da palavra.
A dor que entremeia a saudade.
Me toca, arpejo.
A paixão que ninguém vê.
Desabo.
Sem sono.
Bocejo.
Em sonho, você.
Só você...

Milla Borges


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!