quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Meu caminho


Recados dados
Respostas prontas
E a vida aponta
Mais um carinho.
Frases feitas
Cabeça tonta
E o destinho apronta
Um burburinho.
As vidas tantas
Nas festas todas
Tudo se acaba
Na taça de vinho.
Se é sã ou santa
(E que se foda!)
Que tudo é nada
No meu caminho...

Milla Borges


3 comentários:

  1. Milla, continuas com excelentes poemas.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Essa sonhadora sempre com versos incríveis.
    Adorei voltar a te ler, moça.
    Um grande abraço.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  3. Bela volta. E que caminho construído.. Que o bem estar seja bem particular. Abraços

    ResponderExcluir

Deixe aqui um pedacinho do seu sonho...
Obrigada!